A PREPARAÇÃO DE ALUNOS PARA MOOT COURTS: A CRIAÇÃO DE UMA CULTURA DE VALORIZAÇÃO ÀS COMPETIÇÕES DE JULGAMENTOS SIMULADOS E SEUS BENEFÍCIOS

Adriana Lacombe Coiro

Resumo


Moot Courts existem há anos. São julgamentos simulados internacionais, em que é publicado um caso hipotético e equipes de alunos apresentam peças escritas e defesas orais de cada parte, competindo com outras universidades Tradicionais nos Estados Unidos e em alguns países da América Latina, os moot courts são relativamente novos no Brasil, onde são poucas as universidades que desenvolveram uma tradição de valorização e incentivo à participação dos alunos nestas competições. Este artigo se destina a auxiliar alunos e professores na criação desta cultura, e a expor os benefícios que a prática de moot courts pode trazer aos alunos. O conhecimento da competição, a seleção dos alunos, a atuação do orientador da equipe, o financiamento e a ajuda externa são alguns dos pontos abordados, bem como a criação de um curso preparatório para o desenvolvimento de habilidades que serão necessárias aos alunos nas competições, e posteriormente valorizadas no ambiente profissional. Através do compartilhamento de práticas adotadas, espera-se contribuir com o desenvolvimento da cultura de moot courts no Brasil, ajudando alunos e coaches interessados no tema, bem como demonstrando os benefícios que advém desta prática para os futuros advogados.


Palavras-chave


Julgamentos simulados; Competições internacionais; Simulações; Memoriais; Oradores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21783/rei.v5i1.350

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Adriana Lacombe Coiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

                                                                                                                     

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia